Tuesday, September 1, 2009

eu nunca fui a melhor pessoa para manter relacionamentos sem ser amizade, vamos se dizer que nunca fui a pessoa mais fácil de se lidar, e com certeza isso sempre tornou as coisas bem mais complicadas para eu e para a pessoa no caso que quisesse se manter ao meu lado, sou completamente inconstante, agora quero que tu me ame e daqui dez minutos que tu me deixe dormir em paz, quero que você me ame mas que eu não seja a coisa mais importante da sua vida, enfim, várias contradições que se eu fosse exemplificar todas acabaria os anos aqui...
mas a coisa que que sempre mais prezei em qualquer relacionamento meu, foi a confiança, infelizmente eu nunca fui feliz com nenhuma das minhas escolhas, nenhum deles foi sincero como eu esperava, todos conseguiram de uma maneira ou de outra quebrar minha confiança, até mesmo os que eu duvidei muito que o fariam, em alguns casos eu não consegui assimilar direito até hoje... quando eu digo confiança não quero dizer fidelidade, são coisas completamente diferentes para mim, fidelidade é muito mais do que lutar para não ir para cama com aquela guria que está desesperadamente dando em cima de você, pode até ser que você vá para cama com ela, mas quem vai acabar a noite com você vai ser a pessoa a qual você é fiel, não fisicamente, mas emocionalmente, não que não machuque a pessoa uma traição física, mas é muito melhor do que você amar outra e ficar com a que está por dó, medo, ou qualquer outra razão que vocês achem que possam se encaixar aqui... agora o fato de você mentir e dizer para a pessoa que você ama que não fez nada de errado quando o fez, ah sim, isso sim é maior traição que se pode receber, pelo menos no meu conceito, é o tipo de atitude que me faz chorar, me faz ficar arrassada e me sentindo a pessoa mais feia, pessima e inútil do mundo, podem perceber que realmente pega no fundo...
ainda estou a procura de uma pessoa que mereça a minha confiança e sinceridade, a todos que eu conheçi até hoje eu fui sincera e me entreguei ao relacionamento sem medo, porque acho que é assim que tem que ser, embora eu lute muito para faze-lo desta maneira, só quem me conheçe para saber o quanto eu tenho medo de me decepcionar, eu queria poder não ter medo de gostar das pessoas com tanta intensidade, e queria aprender a brincar de não me envolver, porque eu acho que nunca ninguém me ensinou.
acho que saiu mais um desabafo do que qualquer outra coisa que eu poderia ter escrito.

1 comment:

Débora said...

Oie!
Tá rolando um sorteio lá no blog. Dê uma passadinha lá quando puder!
Bjs